Skip to content →

Apresentação

A apresentação dos laboratórios do DI está organizada nos seguintes tópicos:

Missão

A missão principal dos laboratórios é o suporte à atividade letiva. No entanto, fora dos períodos em que estão reservados para aulas, os laboratórios de uso geral estão abertos para utilização pelos alunos do DI para a realização de trabalhos das unidades curriculares.

Localização

O Departamento de Informática possui vários laboratórios que se situam em dois edifícios da FCUL, C1 e C8, e estão organizados da seguinte forma:

  • Laboratórios de uso geral: 1.2.15, 1.2.21, 1.2.22, 1.2.23, 1.2.24, 1.2.30, 1.3.12
  • Laboratório de multimédia: 1.3.30
  • Laboratório de robótica: 1.3.31
  • Laboratório de redes e segurança: 8.2.25

Computadores

Cada laboratório possui um conjunto de computadores idênticos cujas especificações se apresentam na tabela seguinte:

LabDesignaçãoLugaresAcessoSistema OperativoProcessadorRamDiscoMonitorFotografia
1.2.15Laboratório de uso geral22Alunos do DIXubuntu 20.04 LTS / Windows 10Intel Core i5 4590 @ 3.30GHz8GBSSD 500GBMonitor 20"1215
1.2.21Laboratório de uso geral23Alunos do DIUbuntu 22.04 LTS / Windows 10Intel Core i5 10500 @ 3.10GHz8GBSSD 500GBMonitor 24"1221
1.2.22Laboratório de uso geral23Alunos do DIUbuntu 22.04 LTS / Windows 10Intel Core i5 10500 @ 3.10GHz8GBSSD 500GBMonitor 24"
1.2.23Laboratório de uso geral24Alunos do DIXubuntu 20.04 LTS / Windows 10Intel Core i5 7500 @ 3.40GHz8GBSSD 500GBMonitor 19"1223
1.2.24Laboratório de uso geral24Alunos do DIXubuntu 20.04 LTS / Windows 10Intel Core i5 4570 @ 3.20GHz8GBSSD 250GBMonitor 19"1224
1.2.30Laboratório de uso geral24Alunos do DIUbuntu 22.04 LTS / Windows 10Intel Core i5 10500 @ 3.10GHz8GBSSD 500GBMonitor 24"1230
1.3.12Laboratório de uso geral24Alunos de mestrado do DIUbuntu 22.04 LTS / Windows 10Intel Core i5 10500 @ 3.10GHz8GBSSD 500GBMonitor 22"
1.3.29Laboratório de uso geral22Alunos de mestrado do DIUbuntu 22.04 LTS / Windows 10Intel Core i5 9500 @ 3.00GHz8GBSSD 500GBMonitor 24"
1.3.30Laboratório de multimédia16Acesso requisitado pelos docentesXubuntu 20.04 LTS / Windows 10Intel Core i7 4790 @ 3.60GHz8GBSSD 500GBDuplo monitor 22"
1.3.31Laboratório de robótica10Acesso requisitado pelos docentesXubuntu 20.04 LTS / Windows 10Intel Core i5 4590 @ 3.30GHz8GBSSD 500GBMonitor 22"
8.2.25Laboratório de redes e segurança10Acesso requisitado pelos docentesWindows 7Intel Core i5 4590 @ 3.30GHz8GBSSD 500GBMonitor 17"

Software instalado nos computadores

Em cada computador dos laboratórios do DI encontram-se instalados dois Sistemas Operativos: Windows e Linux. A seleção do Sistema Operativo pretendido só pode ser feita no arranque do computador. Depois de iniciado o computador surgirá um ecrã de seleção do Sistema Operativo.

A versão do Windows disponível para seleção é o Windows 10.

Já a versão do Linux disponível depende do computador a ser utilizado, alguns possuem o Xubuntu 20.04 enquanto os mais recentes possuem o Ubuntu 22.04. No essencial ambas as versões de Linux oferecem o mesmo tipo de funcionalidade. A maior diferença entre as duas versões está na apresentação e forma de interação com o ambiente gráfico.

Depois de selecionado um Sistema Operativo e de este concluir o seu arranque, surge a janela de autenticação. Todos os alunos do DI podem usar as suas credenciais (endereço de email e senha) que já usam quer para aceder à sua conta de email quer para aceder à rede WiFi da Eduroam. Se a autenticação for bem sucedida então tem início a sessão do utilizador nesse Sistema Operativo o que lhe dá acesso tanto às aplicações instaladas como à sua área pessoal.

A lista de aplicações instaladas no Windows pode ser encontrada aqui.

A lista de aplicações instaladas no Linux pode ser encontrada aqui.

No caso do Sistema Operativo Ubuntu 22.04, algumas aplicações estão instaladas nativamente, como o GEdit, o VSCode e o Eclipse, mas outras, como o SASM ou o WireShark, são disponibilizadas a partir de containers específicos preparados para Unidades Curriculares que requerem ambientes específicos.

Aplicações em containers

Todas as aplicações com interface gráfico (GUI), independentemente de estarem instaladas nativamente ou em container, possuem um ícone no menu de aplicações e podem ser executadas a partir daí.

As aplicações, ou ferramentas, que são lançadas a partir de uma janela de consola (CLI), já poderão necessitar de uma consola específica em vez da consola padão do Ubuntu.

O conjunto de aplicações de consola disponíveis e a forma como são oferecidas pode ser consultada na tabela disponível aqui. Nesta tabela, se uma aplicação for oferecida na consola padrão do Ubuntu então terá um “certo” na segunda coluna. Se a aplicação só for oferecida num container específico de uma Unidade Curricular (UC) então vai ter um “certo” numa outra coluna seguinte cuja sigla de título indica a UC da consola em que pode ser encontrada.

O acesso a consolas específicas das Unidades Curriculares é feito através de ícones semelhantes ao usado para a consola padrão, com a diferença que incluem também a sigla da Unidade Curricular a que diz respeito. Ao abrir uma destas consolas, a prompt será a sigla da UC e podem ser usadas as aplicações e ferramentas específicas do ambiente (container) criado para essa UC. De realçar que esta consola tem acesso normal à HOME do aluno, portanto alterações aos ficheiros e diretórios do utilizador acontecem efetivamente na área pessoal do aluno.

Acesso à área pessoal

Os alunos do DI podem aceder à sua área pessoal a partir de qualquer dos Sistemas Operativos instalados. Tudo o que é guardado na área pessoal encontra-se efetivamente no sistema centralizado de armazenamento da DSI e não no computador do laboratório. Desta forma, independentemente do computador que é usado, quaisquer alterações nos ficheiros e diretórios da área pessoal são sempre escritas diretamente no sistema de armazenamento, que é externo ao computador.

No caso do Windows, essa área é montada como mais uma drive (U:) acessível a partir de qualquer aplicação.

No caso do Linux, a área pessoal é montada como a HOME (~) e que é também acessível a partir de qualquer aplicação.

Adicionalmente, é possível aceder à área pessoal a partir de um computador pessoal seguindo as instruções disponíveis em Imagem Linux dos laboratórios.

Translate »